martes, 27 de marzo de 2007

A noite e a pele



Pele de negro veludo
envolvente silêncio
de cantos estrelados.
Perdí o rastro da tua mirada,
perdí o encanto do teu misterio.
Noite de pele escura,
acompanhante sempre calada,
noite que guardaste todos meus segredos
de devaneios febris e sonhos delirantes.
Noite, testemunha silente de amores ardentes
e carícias vazias.
Noite de canto estrelado,
Noite de pele negro veludo.

2 comentarios:

Hanah dijo...

Tá lindo seu novo lar....

Saúde !!!!

Beijão

Luis Enrique dijo...

Obrigada Hanan, bemvinda, como sempre.


Bjks